12 agosto 2017






Epitáfio




Amámo-nos,
príncipes no epitáfio do mundo,
página do fim e do começo,
por esta ordem celebrada.

Talvez possamos dar as mãos
quando de pedra formos,
irreconhecíveis pela água.





Luís Quintais






Sem comentários:

Enviar um comentário